quarta-feira, 8 de julho de 2020

Prefeitura de Conde realiza ações emergenciais e de articulação com artistas locais


A Prefeitura de Conde está dando suporte aos artistas locais devido aos impactos da pandemia da covid-19. A Secretaria de Educação e Cultura registrou e encaminhou para a Secretaria de Assistência Social e Trabalho, o cadastro de 75 artistas que estão sem poder se apresentar e, portanto, com a renda afetada.
Em paralelo às ações emergenciais, a Prefeitura de Conde está se preparando para as ações advindas da sanção da Lei 1075/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc. A lei Emergencial da Cultura, a partir de uma grande mobilização nacional do setor cultural e das organizações culturais, foi sancionada pelo presidente da república, dia 29 de junho último e agora aguarda medida provisória (pela Presidência da República) para a descentralização dos recursos, que são da ordem de 3 bilhões. Sendo que 1, 5 bilhão, será destinado aos estados e 1,5 bilhão, aos 5. 570 municípios brasileiros.
Para preparar o município antes da chegada dos recursos da Lei Aldir Blanc e aplicá-los de forma transparente, a Prefeitura de Conde está preparando o comitê gestor, que será formado por representantes do setor cultura de Conde com o objetivo de formular propostas que garantam a operacionalização do aporte de recursos e os devidos repasses de acordo com a legislação e os critérios estabelecidos.
Os critérios para o artista estar apto a receber o auxílio é ter, obrigatoriamente, preenchido o formulário do Cadastramento Cultural disponibilizado no  Portal da Prefeitura de Conde (acesse aqui o formulário) , além de atuar na área cultural há no mínimo dois anos. Os artistas que têm dificuldade com acesso à internet contarão com apoio de servidores da prefeitura que vão coletar os dados por telefone e fazer o cadastro, dentro de uma ação de inclusão.
Na ação em conjunto com a SEAST, foram providenciadas cestas básicas para os grupos Ciranda da Alegria, do assentamento Dona Antônia; o Coco Novo Quilombo, do Quilombo Ipiranga; o Coco do Mestre Zé Cutia, da colônia de pescadores de Jacumã; além dos integrantes da Feira de Artesanato de Jacumã.
Segundo a assessora especial de Cultura do gabinete da Prefeita, Rejane Nóbrega, os artistas identificados com dificuldades financeiras após as decisões governamentais de isolamento social são oriundos de comunidades tradicionais. “Estamos fazendo uma ação transversal com a Secretaria de Assistência Social e Trabalho do Município, no sentido de concessão de cestas básicas aos grupos culturais oriundos das comunidades tradicionais, os quais se constituem mais vulneráveis nessa situação de isolamento causado pela pandemia”, afirmou.
Secom-Conde

Escolas municipais de Conde retomam aulas remotas nesta semana


As escolas da rede municipal de ensino de Conde retornaram às atividades na segunda-feira (6). Devido à pandemia do novo coronavírus, as aulas continuam sendo aplicadas remotamente. O recesso das aulas aconteceu no dia 19 de junho.
A Secretaria de Educação do município realizou reuniões remotas juntamente com os professores da educação infantil, ensino fundamental e anos finais para discutir o início do planejamento de retomada das atividades. O retorno presencial nas instituições de ensino de Conde ainda não tem data definida.
De acordo com a secretária de Educação do município, Cida Uchôa, a reunião teve um papel importante para o retorno dos profissionais, que também receberam apoio psicológico para enfrentar o momento de pandemia.
"A reunião foi mais do que uma formação. Nós fizemos uma sensibilização, juntamente com psicólogos, para apoiar os profissionais. Também foram ministrados exercícios de respiração e zumba para auxiliar os professores nesse momento de pandemia", comentou.
A Prefeitura de Conde está no processo de aquisição dos insumos recomendados para evitar a propagação da Covid-19, como álcool em gel, sabão líquido, dispenseres e termômetros, tendo em vista que um dos principais sintomas da doença é a temperatura acima de 37,8°C. As medidas irão garantir o retorno seguro às atividades presenciais nas escolas.
Os pais e responsáveis pelos alunos também estão participando do planejamento de retorno das aulas presenciais através de questionários, onde podem dar sugestões à Secretaria de Educação.
"Estamos fazendo um planejamento de retorno por série. Os pais dos alunos estão recebendo questionários para poder dar sugestões, principalmente sobre essa insegurança do trabalho. Essa semana inteira será de acolhimento e recebimento de sugestões de retorno e entrega dos questionários", destacou a secretária.
Durante a reunião, a preocupação com os profissionais da educação que apresentam doenças associadas também foi discutida. A previsão de retomada estava programada para agosto, mas de acordo com a secretária de educação, a pasta aguardará as recomendações de segurança dos órgãos de saúde.
"Nós temos que pensar nos professores com comorbidades que não podem ser expostos. Estamos em processo de planejamento. Tínhamos previsão de retomada para o segundo semestre de agosto, mas vamos aguardar as recomendações das Secretarias de Saúde", pontuou.
Aulas remotas
A Secretaria de Educação de Conde está oferecendo aulas remotas aos estudantes do município diante da suspensão das atividades presenciais, motivada pela pandemia. As salas virtuais atendem cerca de 2 mil alunos do ensino infantil, fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA).
Para os estudantes sem acesso à internet, os pais ou responsáveis podem entrar em contato com a direção da instituição escolar onde o aluno está matriculado para receber as atividades.
A Prefeitura de Conde anunciou a suspensão das aulas presenciais nas escolas e Centros de Referência em Educação Infantil (Creis) da rede municipal de ensino no dia 17 de março, através do Decreto Nº 227/2020, que estabelece situação de emergência no município, motivada pela pandemia da Covid-19.
Secom-Conde

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Obras de requalificação do Estádio Sebastião Ribeiro em Conde estão em fase de conclusão


A população de Conde vai contar, após o período de isolamento social devido à pandemia, com um equipamento esportivo totalmente revitalizado e requalificado para o fomento do futebol na cidade, bem como nas imediações com a área utilizada para caminhadas e outras atividades físicas. As obras do campo de futebol Sebastião Ribeiro seguem até o final de setembro, quando devem ser entregues dentro de um programa de melhoria dos equipamentos esportivos da cidade de Conde.
Ao todo estão sendo investidos apenas nesse equipamento situado no Centro da cidade R$ 100 mil, totalmente arcado com recursos próprios da Prefeitura de Conde. A prefeita Márcia Lucena, destacou que a reforma do campo de futebol Sebastião Ribeiro se integra as melhorias já realizadas no Estádio Zé de Lela, em Gurugi e as obras de reforma e qualificação na Arena Jacumã. “Esse espaço é de extrema importância para a população, então, o nosso esforço é para garantir que esses espaços revitalizados garantam mais conforto e sejam, inclusive, mais frequentados do que já era. Com as intervenções feitas a Prefeitura possibilitará mais dignidade tanto aos atletas quanto à população que acompanha as partidas de futebol, nesse espaço tão importante da nossa cidade. Com essa reforma a gente quer uma maior inclusão da comunidade nesse tipo de espaço”, afirmou.
A obra do campo de futebol Sebastião Ribeiro contempla, segundo a Chefe da Divisão de Praças e Parques da Secretaria de Infraestrutura, Priscilla Ferreira, a requalificação do gramado, a implantação de um novo sistema de irrigação para o gramado, a reforma do vestiário e banheiros, além da construção de calçadas no entorno do campo para garantir a acessibilidade segura  e uma nova iluminação, que possibilitará mais segurança.
Desde a inauguração em 05 de março de 1994, essa é a primeira grande reforma que o campo de futebol Sebastião Ribeiro passa. Os vestiários e banheiros apresentavam várias infiltrações, tornando o local inadequado e o gramado estava amarelado, fugindo aos padrões do que um campo de futebol requer.
Secom-Conde

Revoltados: Agentes Comunitários de Alhandra Procuram Pelo Prefeito Para Requerer Direitos Adquiridos, Mas Prédio Estava Fechado. Vídeo.


Agentes comunitários de Saúde e Endemias fazem protestos na frente da prefeitura municipal da cidade de Alhandra, na manhã desta segunda-feira, 06/07/2020, reivindicando o seus direitos, referente à Lei de incentivos dos agentes, aprovada na câmara municipal, por unanimidade, pelos onze parlamentares.  
Revoltados, os agentes dizem e sentirem enganados, pois a Lei já foi aprovada pelo legislativo, faltando só o gestor sancionar e efetuar o devido reconhecimento com o pagamento.
Durante a mobilização do manifesto, a prefeitura encontrava-se fechada e o prefeito ausente da cidade, é o que contam os populares.
ACS e ACE unidos, em busca do retroativo do adicional” – Era o texto expresso em um cartaz, que cobrava do prefeito, os devidos reconhecimentos.
O Projeto 04/2020, autoriza o executivo municipal a repassar incentivo financeiro adicional aos agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias, vinculados à equipe de saúde da família.
Segundo os servidores, o prefeito ainda não resolveu o problema, o que está prejudicando a contemplação dos trabalhadores, no mérito da Lei.

Da redação Portal Conde News.

Retorno: Transportes Coletivos de João Pessoa Voltam a Circular Nesta Segunda 06/07. Veja Como Funcionará!


João Pessoa retoma os serviços de transporte Coletivo Urbano, nesta segunda-feira, 06/07/2020. Os horários de funcionamento das linhas de ônibus estarão funcionando das 06h00m Às 19h00m, com trajetos que vão cobrir toda a cidade.
Poderá entrar nos veículos uma média de 38 passageiros sentados e 12 em pé, obedecendo marcação de posicionamento. A orientação da PMJP é que seja preferido o pagamento pelo cartão Passe Legal, reduzindo o contato entre passageiros e profissionais.
Confira qual ônibus utilizar – Algumas das linhas que retornam terão seu itinerário ajustado para cobrir outras regiões da cidade. Saiba quais delas estarão em atividade, as mudanças de itinerário e as alternativas sugeridas

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Progresso: Prefeita de Conde Assina Ordem de Serviços Para Retomada das Obras Do Ginásio Poliesportivo da Comunidade Pousada. Vídeo.


A Prefeita Márcia Lucena assinou na manhã desta quarta-feira,01/07/2020, a ordem de serviço para a retomada da construção do Ginásio Poliesportivo da Comunidade Pousada. A obra abandonada há mais de 18 anos vai ser totalmente recuperada e ampliada com a construção também de uma praça com área de lazer para a população.
No momento da assinatura da Ordem de Serviço, as equipes da empresa já começaram o trabalho que tem previsão de entrega em 180 dias e tem investimento de R$ 522.544,56 de Recursos Próprios. Os vereadores Luzimar Nunes, Naldo Cell, Irmão Kaká e Flávio Melo também participaram da solenidade.








Secom-Conde

Prefeitura de Conde publica decreto com manutenção de restrições na cidade e convoca segmentos da sociedade para discutir critérios técnicos


A Prefeitura de Conde publicou, nesta terça-feira (30), o Decreto que mantém as restrições municipais de combate à pandemia da covid-19 até o dia 15 de julho. Neste período, a prefeita Márcia Lucena anunciou que serão realizados encontros a partir da próxima semana com vários segmentos para discutir critérios para a fase de flexibilização.
A partir da próxima semana, a equipe da Prefeitura de Conde se reunirá com os segmentos religiosos; os segmentos de estética, especificamente com representações de salões de beleza e barbearias e o segmento turístico com representantes de pousadas e restaurantes. As academias de ginástica também serão contempladas nas discussões.
A prefeita Márcia Lucena enfatizou que é preciso cautela e responsabilidade com as medidas que podem representar risco à saúde de toda a população. “Em todos os lugares onde estão flexibilizando a situação piora e retornam com as restrições. Não precisamos passar por isso. Estamos conseguindo manter as pessoas na cidade e tratando-as aqui, mas se os casos continuarem crescendo, podemos perder o controle. Ninguém está sabendo lidar com o coronavírus. A única medida que tem surtido efeito no mundo é o isolamento social, associado ao uso de máscara e a higienização. Na condição de gestora à frente da Prefeitura de Conde, a responsabilidade em preservar a saúde de nossa população é maior”, enfatizou.
Entre as razões para manter as restrições na cidade, a Prefeitura de Conde apontou no decreto municipal entre os fatores para a decisão a velocidade média de transmissão do vírus aumentou exponencialmente no mês de junho, a manutenção da classificação de bandeira laranja para a cidade atribuída pelo Governo do Estado e a manutenção do decreto estadual de nº 40.304/202.
A prefeita Márcia Lucena explicou que, devido às testagens feitas, os números sofreram aumento, demonstrando a circulação do vírus na cidade, o que é preocupante. “O aumento do número de casos está relacionado com o número de testes realizados, no entanto, isso evidencia também a presença do vírus aqui na cidade. Não temos hospitais, não temos leitos de UTI e na região metropolitana nada mudou. Precisamos continuar com os cuidados”.
O Governo Municipal de Conde flexibilizou as atividades da construção civil no dia 13 de junho, garantindo a retomada de obras públicas e privadas na cidade, que tem forte potencial cultural e turístico entre os destinos divulgados pelo governo da Paraíba.
Confira o Decreto Nº0257/2020 publicado na Edição 1.745 do Diário Oficial do Município.
Assessoria