terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Bispo acusado de pedofilia é preso no Rio Grande do Sul



O bispo dom Marcos de Santa Helena (João Marcos Porto Maciel), acusado de praticar pedofilia, foi preso na manhã desta terça-feira (9), em Caçapava do Sul, interior do Rio Grande do Sul. As informações são da Folha de S.Paulo.
A prisão foi decretada após o delegado Fabrício de Santis cumprir o mandado contra o autodenominado bispo, que tem 74 anos. Os atos ocorreram há cerca de 30 anos e foram denunciados somente nos últimos meses pelo empresário Marcelo Ribeiro, 48, e pelo violoncelista Alexandre Diel, 42.
Para o delegado, Maciel não passa de um criminoso disfarçado. "Ele não é religioso, mas um criminoso. Veste-se de padre para praticar crimes há mais de 50 anos sem levantar suspeitas", declarou à Folha. Santis ouviu mais oito vítimas do ex-padre, que foi expulso da Igreja Católica em 2009.
Em entrevista à Folha, dom Marcos afirmou que é inocente e vítima de perseguição. Ao ser questionado sobre o fato de homens adultos terem feito às denúncias, ele disse: "Isso é moda. Pedofilia dá status, eles estão querendo se equiparar à moda”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário