terça-feira, 5 de maio de 2015

Roberto Paulino poderá ser trunfo do PMDB para Guarabira em 2016



Vice-presidente estadual do PMDB paraibano, o ex-governador Roberto Paulino anunciou, nesta terça-feira (05), que seu grupo político vai trabalhar um nome para disputar a prefeitura de Guarabira nas eleições de 2016, mas, se até lá, nenhum nome novo surgir, ele volta ao páreo.
Paulino deixou claro que não teme nenhum tipo de adversário em Guarabira, até mesmo pela trajetória de vitórias que tem na região, por isso, está disposto a enfrentar o grupo do governador Ricardo Coutinho e o grupo atual prefeito Zenóbio Toscano nas eleições do ano que vem.
“Não estou brigando pra ser prefeito de Guarabira, vamos buscar um nome novo, mas se ninguém quiser ser o candidato eu topo a parada. Enfrento Ricardo Coutinho, enfrento girassóis e enfrento tucanos, porque na minha vida foi assim, sempre nós ganhamos porque sempre tivemos o respeito da população”, asseverou.
O ex-governador deixou claro que seu rompimento com o governador Ricardo Coutinho não tem a prefeitura de Guarabira como “prêmio” e aconteceu meramente por questões localizadas.
“O governador, talvez não saiba, mas Raniery Paulino, meu filho, desde o 2ª turno das eleições, até a poucos dias atrás, recebia muitas mensagens e recados, até mesmo “impublicáveis” da equipe girassol, é bom lembrar que Raniery nunca foi atrás de governador, nunca se ofereceu, o nome dele não está em uma prateleira não. Ele votou em Ricardo Marcelo por questões de gratidão e isso tem que ser respeitado, Raniery e nem eu estamos obrigados a ser governo”, disparou.
Roberto Paulino está na política há quase 40 anos. Ele já foi prefeito de Guarabira por duas vezes e sua esposa, Fátima Paulino, também governou o município por dois mandatos. Nas últimas eleições o candidato do grupo perdeu para o PSDB.

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário