sábado, 28 de fevereiro de 2015

Prefeito de Alhandra assina ordem de serviço para a construção de casas do PSH

unnamed (8)Durante a solenidade de inauguração da Escola Zélia Correia do Ó, realizada na tarde dessa sexta-feira (27), o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, assinou a ordem de serviço para a construção das casas do Programa de Subsídio e Habitação de Interesse Social – PSH. Ao todo, serão beneficiadas 110 famílias residentes do bairro de Nova Descoberta e áreas pulverizadas de Alhandra e Mata Redonda. Na última quinta-feira (26), foi realizada uma reunião de assinatura dos contratos com os representantes das famílias beneficiadas.
O PSH é uma parceria dos governos federal, estadual e municipal e tem o objetivo de subsidiar a produção de empreendimentos habitacionais para famílias em estado de vulnerabilidade social, nas formas de conjunto ou de unidades isoladas.
As obras estão previstas para iniciar na primeira quinzena do mês de março e a construtora Mindêlo será a responsável pela construção das casas. As residências, que terão dois quartos, sala, cozinha, banheiro e uma área de serviço, estão previstas para serem entregues até o final ano. Inicialmente as casas seriam compostas por apenas 30 m² cada, o prefeito sensibilizado com as famílias resolveu acrescentar ao projeto uma área maior. Com isso as casas serão construídas com 41m², nos mesmos moldes do Programa Minha Casa Minha Vida 2.
Os governos federal e estadual destinam à obra, o valor de cinco mil reais cada um, para a construção de uma moradia. Já a Prefeitura de Alhandra, entra com a contrapartida no valor de 15 mil reais por residência, oriundos de recurso próprio do tesouro municipal.
O prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, explicou que esse momento é importante do trabalho assistencial que tem sido realizado na atual gestão. “Nossa maior preocupação é o povo, por isso trabalhamos para oferecer o melhor a eles. A construção dessa casa não é uma realização de um sonho em ver as famílias alhandrenses morando em um lugar estruturado e sem riscos”, disse Marcelo.
Secom/Alhandra

Nenhum comentário:

Postar um comentário