quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Inscrições para o Vestibular de Conde acontecem até Sábado 10. Confira horários!



A Prefeitura e o governo federal, através do Fies, financiam 100% de gratuidade para mensalidade dos alunos do município que podem escolher entre 31 cursos oferecidos pela faculdade
As inscrições para o vestibular que será promovido pela Prefeitura de Conde, por meio da Secretaria de Educação e a faculdade Maurício de Nassau, localizada em João Pessoa, serão realizadas até o próximo sábado, 10, das 8h às 17h, em um espaço montado na praça central da cidade e na feirinha de Jacumã, próximo à igreja católica. O interessado poderá escolher entre 31 cursos oferecidos pela instituição privada de ensino. Um veículo de publicidade estará circulando pela cidade divulgando todas as informações para a efetivação da inscrição do vestibular que será realizado no próximo dia 11, às 14h, na Escola Municipal Noêmia Alves, na cidade.
A parceria entre o governo federal, através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), e a Prefeitura, que tem à frente a gestora Tatiana Corrêa (PTdoB), está possibilitando o financiamento total do valor das mensalidades apenas para os estudantes do município para incentivar o ingresso em um curso de graduação, o que contribuirá, entre outros, para a entrada no mercado de trabalho.
Os interessados poderão escolher entre os cursos de Administração, Contabilidade, Construção de Edifícios, CST Análise de Desenvolvimento de Sistemas, CST Gastronomia, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Elétrica, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Química, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Fisioterapia, Gestão Financeira, Gestão Comercial, Gestão em RH, Jornalismo, Logística, Marketing, Negócios Imobiliários, Nutrição, Publicidade e Propaganda, Psicologia, Pedagogia, Radiologia, Redes de Computadores, Segurança no Trabalho, Serviço Social e Sistemas para Internet.
O Fies se destina à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos. Sendo assim, os alunos de outras cidades da região serão submetidos apenas aos critérios específicos do fundo, sem apoio das respectivas prefeituras, o que pode não garantir a total gratuidade.
Isabel Fonseca/Assessora de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário