sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Polêmica: Novo método americano de execução faz condenado agonizar por 20 minutos antes de morrer.



Um homem condenado por estupro e assassinato entrou em convulsão e pareceu lutar para respirar durante a sua execução em Ohio na quinta-feira (16), depois que um método de injeção letal com duas drogas foi usado pela primeira vez nos Estados Unidos, de acordo com testemunhas da mídia.
Dennis McGuire, de 53 anos, que foi condenado à morte depois de ter assassinado uma mulher que estava grávida de sete meses em 1989, foi o terceiro homem executado nos Estados Unidos neste ano.
McGuire recebeu uma combinação do sedativo midazolam e do analgésico hidromorfona, uma mistura que o Estado de Ohio criou como segunda opção, já que está tendo dificuldade para obter o pentobarbital, uma droga cujo fabricante tem levantado objeções ao seu uso em execuções.

Do R7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário