quarta-feira, 12 de setembro de 2012

EXCLUSIVO: COM ARMA EM PUNHO, PREFEITO DE CONDE AMEAÇA ASSESSOR DA CANDIDATA TATIANA CORRÊA NO CONDE.


            E ADIANTA:" SE ELA GANHAR ELA NÃO ASSUME".
Conhecido pelo temperamento explosivo e intempestivo, o prefeito do município do Conde, Aluízio Regis (PMDB), município localizada na região da grande João Pessoa, mais uma vez voltou a ser alvo da mídia essa semana por tentar fazer valer a ‘lei da força e da coação’.
Dessa vez o gestor foi denunciado por ameaçar, com uma arma em punho, o assessor da candidata Tatiana Corrêa (PT do B), que além de ser a candidata das oposições é também ex-mulher dele (prefeito Aluízio Régis).  O relato do episódio está registrado em um boletim de ocorrência que foi lavrado no dia 10 de setembro deste ano na 8ª Delegacia Distrital da Capital.
No depoimento, Genildo da Silva, 47 anos, assessor da candidata Tatiana Corrêa, informa que no sábado (09), por volta das 16h30, dirigia uma Kombi destinada a fazer a propaganda eleitoral da postulante, quando foi interceptado por uma camioneta, onde estava o prefeito da cidade Aluízio Régis. Na ocasião, o gestor estava acompanhado de um motorista e de uma mulher que não foram identificados.
Régis desceu do carro com arma em punho e arrancou das mãos de Genildo assessor um pen drive que continha às musicas da campanha de Tatiana Corrêa e logo após apontou a arma para a cabeça dele, em uma tentativa de intimida-lo.
“Em tom ameaçador ele apontou a arma para a minha cabeça e disse que eu tivesse cuidado, pois ele estaria de olho em mim”, relatou. Após a ameaça, segundo Genildo, Régis ainda desferiu palavras de baixo calão contra a ex-mulher alegando ainda ‘em bom tom que Tatiana poderia ganhar as eleições, mas ele mostraria que ela não assumiria a administração’.
Após as ofensas e ameaças o prefeito deixou o local. Para surpresa de Genildo (assessor de Tatiana), no domingo pela manhã, um veiculo celta preto aparentemente suspeito foi surpreendido rondando às proximidades da casa em que ele pernoita e, por temer a morte, o assessor preferiu deixar a cidade e registrar todos os fatos em um Boletim de Ocorrência.
Na cidade, o que subexiste é um verdadeiro clima de faroeste, Tatiana e Régis, um dia marido e mulher, hoje são inimigos e o apoio declarado do prefeito é totalmente voltado para o primo, Quintino Régis (PSD). 
Essa não é a primeira vez que o prefeito do Conde ganha destaque na mídia por agredir e ameaçar um adversário. Nas ultimas eleições Régis chicoteou em público um adversário tucano, chegando a insulta-lo de 'viado e bichona'. À epoca o fato ganhou grande repercussão na imprensa paraibana.
Fonte: PBagora.

                                                                      INICIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário