domingo, 1 de abril de 2012

ARCEBISPO DA PARAÍBA, DOM ALDO PAGOTTO, DIZ QUE ESTÃO TROCANDO JESUS POR CHOCOLATE.


                         INVERSÃO DE VALORES

Hoje, católicos de todo o mundo celebram o Domingo de Ramos, que abre os ritos da Semana Santa. O arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, afirma que o período que deveria ser de reflexão é encarado como diversão para muitos católicos. “Jesus foi substituído por chocolate na Páscoa”, disse.
 Ele lamenta que, apesar de ainda ser o terceiro Estado mais católico do Brasil, o número de fieis paraibanos que preservam o memorial do sacrifício de Cristo diminuiu drasticamente.
Na Capital, a programação religiosa inicia hoje com três missas na Catedral Basílica Nossa Senhora das Neves. O arcebispo acredita que evangélicos, espíritas e muçulmanos chegam a respeitar mais a Semana Santa do que muitos católicos.
“Infelizmente, para grande parte da população católica, o tríduo pascal perdeu seu significado. Para as crianças, Jesus foi substituído por chocolate. Para os adultos, o sacrifício da cruz foi esquecido no lugar da diversão do feriadão.
Vejo que muitas pessoas de outras religiões respeitam mais nossa tradição, apesar de não viverem os ritos. Uma pena, mas é verdade”, disse. De acordo com o Censo 2000 do IBGE, 84,9% dos paraibanos são católicos.
O alto índice coloca o Estado em terceiro lugar no Brasil, ficando atrás apenas do Piauí (89,9%) e do Ceará (86,5%). A arquidiocese da Paraíba espera milhares de fieis entre os cinco dias de ritos (Domingo de Ramos, quinta-feira santa, sexta da Paixão, sábado de Aleluia e domingo de Páscoa).
Segundo a programação da Catedral Basílica, neste período, serão realizadas nove missas, além de confissões, procissões e da celebração da Paixão de Cristo. Hoje, Dom Aldo Pagotto celebra a primeira missa de Ramos às 6h. Às 9h, haverá uma procissão saindo do Mosteiro de São Bento e, ao final, outra missa com bênçãos dos ramos.
A última celebração do dia será às 18h. Na próxima quinta-feira, acontece às 8h a missa do Crisma e a benção dos santos óleos, que serão usados nas celebrações do Batismo, Crisma, Unção dos Enfermos e Ordenação durante todo o ano.
Ainda no sábado, às 17h, será realizada a missa da Ceia do Senhor e Lava-pés. Ao final, Dom Aldo dará início a um momento de adoração ao Santíssimo. Às 21h, começa a Procissão do Silêncio da Catedral à igreja do Carmo.  
F: MaisPB
                                                                       
                                                                                                        INÍCIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário