sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

OPOSIÇÃO PEDE INVESTIGAÇÃO SOBRE AGUINALDO RIBEIRO, MINISTRO DAS CIDADES.


            CARGO COMPLICADO POR DENUNCIAS.
   O DEM e o PSDB entraram na quarta-feira (15) com representação na PGR (Procuradoria-Geral da República) pedindo abertura de investigação contra o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. A oposição acredita que há indícios de improbidade administrativa por parte do ministro.

   No documento, o líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), e o líder do PSDB, Alvaro Dias (PR), pedem a apuração de duas denúncias: a de que o ministro seria dono de emissoras de rádio na Paraíba e a de que manteria uma suposta sociedade com duas construtoras do Estado. 

   Se confirmadas as acusações, a oposição lembra que tais informações foram omitidas pelo ministro à Justiça Eleitoral em 2010, ano em que concorreu ao cargo de deputado federal.

   Segundo reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo em 5 de fevereiro, Ribeiro, que assumiu o cargo neste mês, seria dono de duas emissoras de rádio no interior da Paraíba registradas em nome de seu ex-contador e de um assessor pessoal. 

   O ministro das Cidades, que substituiu no cargo Mario Negromonte, já responde a processos por improbidade administrativa durante sua gestão na Secretaria de Agricultura da Paraíba, entre 1998 e 2002. 

   A oposição também acredita que ele omitiu o fato de ser dono de empresas que negociam imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida, cuja execução está diretamente ligada ao Ministério das Cidades.
F: Portal R7
  Comente esta
Matéria abaixo.

                                                                     INÍCIO


Nenhum comentário:

Postar um comentário